Home B√ćBLIA ONLINE
genesis49
  • 1DEPOIS chamou Jac√≥ a seus filhos, e disse: Ajuntai-vos, e anunciar-vos-ei o que vos h√° de acontecer nos dias vindouros;
  • 2Ajuntai-vos, e ouvi, filhos de Jac√≥; e ouvi a Israel vosso pai.
  • 3R√ļben, tu √©s meu primog√™nito, minha for√ßa e o princ√≠pio de meu vigor, o mais excelente em alteza e o mais excelente em poder.
  • 4Impetuoso como a √°gua, n√£o ser√°s o mais excelente, porquanto subiste ao leito de teu pai. Ent√£o o contaminaste; subiu √† minha cama.
  • 5Sime√£o e Levi s√£o irm√£os; as suas espadas s√£o instrumentos de viol√™ncia.
  • 6No seu secreto conselho n√£o entre minha alma, com a sua congrega√ß√£o minha gl√≥ria n√£o se ajunte; porque no seu furor mataram homens, e na sua teima arrebataram bois.
  • 7Maldito seja o seu furor, pois era forte, e a sua ira, pois era dura; eu os dividirei em Jac√≥, e os espalharei em Israel.
  • 8Jud√°, a ti te louvar√£o os teus irm√£os; a tua m√£o ser√° sobre o pesco√ßo de teus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinar√£o.
  • 9Jud√° √© um le√£ozinho, da presa subiste, filho meu; encurva-se, e deita-se como um le√£o, e como um le√£o velho; quem o despertar√°?
  • 10O cetro n√£o se arredar√° de Jud√°, nem o legislador dentre seus p√©s, at√© que venha Sil√≥; e a ele se congregar√£o os povos.
  • 11Ele amarrar√° o seu jumentinho √† vide, e o filho da sua jumenta √† cepa mais excelente; ele lavar√° a sua roupa no vinho, e a sua capa em sangue de uvas.
  • 12Os olhos ser√£o vermelhos de vinho, e os dentes brancos de leite.
  • 13Zebulom habitar√° no porto dos mares, e ser√° como porto dos navios, e o seu termo ser√° para Sidom.
  • 14Issacar √© jumento de fortes ossos, deitado entre dois fardos.
  • 15E viu ele que o descanso era bom, e que a terra era deliciosa e abaixou seu ombro para acarretar, e serviu debaixo de tributo.
  • 16D√£ julgar√° o seu povo, como uma das tribos de Israel.
  • 17D√£ ser√° serpente junto ao caminho, uma v√≠bora junto √† vereda, que morde os calcanhares do cavalo, e faz cair o seu cavaleiro por detr√°s.
  • 18A tua salva√ß√£o espero, √≥ SENHOR!
  • 19Quanto a Gade, uma tropa o acometer√°; mas ele a acometer√° por fim.
  • 20De Aser, o seu p√£o ser√° gordo, e ele dar√° del√≠cias reais.
  • 21Naftali √© uma gazela solta; ele d√° palavras formosas.
  • 22Jos√© √© um ramo frut√≠fero, ramo frut√≠fero junto √† fonte; seus ramos correm sobre o muro.
  • 23Os flecheiros lhe deram amargura, e o flecharam e odiaram.
  • 24O seu arco, por√©m, susteve-se no forte, e os bra√ßos de suas m√£os foram fortalecidos pelas m√£os do Valente de Jac√≥ (de onde √© o pastor e a pedra de Israel).
  • 25Pelo Deus de teu pai, o qual te ajudar√°, e pelo Todo-Poderoso, o qual te aben√ßoar√° com b√™n√ß√£os dos altos c√©us, com b√™n√ß√£os do abismo que est√° embaixo, com b√™n√ß√£os dos seios e da madre.
  • 26As b√™n√ß√£os de teu pai exceder√£o as b√™n√ß√£os de meus pais, at√© √† extremidade dos outeiros eternos; elas estar√£o sobre a cabe√ßa de Jos√©, e sobre o alto da cabe√ßa do que foi separado de seus irm√£os.
  • 27Benjamim √© lobo que despeda√ßa; pela manh√£ comer√° a presa, e √† tarde repartir√° o despojo.
  • 28Todas estas s√£o as doze tribos de Israel; e isto √© o que lhes falou seu pai quando os aben√ßoou; a cada um deles aben√ßoou segundo a sua b√™n√ß√£o.
  • 29Depois ordenou-lhes, e disse-lhes: Eu me congrego ao meu povo; sepultai-me com meus pais, na cova que est√° no campo de Efrom, o heteu,
  • 30Na cova que est√° no campo de Macpela, que est√° em frente de Manre, na terra de Cana√£, a qual Abra√£o comprou com aquele campo de Efrom, o heteu, por heran√ßa de sepultura.
  • 31Ali sepultaram a Abra√£o e a Sara sua mulher; ali sepultaram a Isaque e a Rebeca sua mulher; e ali eu sepultei a Lia.
  • 32O campo e a cova que est√° nele, foram comprados aos filhos de Hete.
  • 33Acabando, pois, Jac√≥ de dar instru√ß√Ķes a seus filhos, encolheu os p√©s na cama, e expirou, e foi congregado ao seu povo.