Home B√ćBLIA ONLINE
genesis3
  • 1ORA, a serpente era mais astuta que todas as alim√°rias do campo que o SENHOR Deus tinha feito. E esta disse √† mulher: √Č assim que Deus disse: N√£o comereis de toda a √°rvore do jardim?
  • 2E disse a mulher √† serpente: Do fruto das √°rvores do jardim comeremos,
  • 3Mas do fruto da √°rvore que est√° no meio do jardim, disse Deus: N√£o comereis dele, nem nele tocareis para que n√£o morrais.
  • 4Ent√£o a serpente disse √† mulher: Certamente n√£o morrereis.
  • 5Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrir√£o os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal.
  • 6E viu a mulher que aquela √°rvore era boa para se comer, e agrad√°vel aos olhos, e √°rvore desej√°vel para dar entendimento; tomou do seu fruto, e comeu, e deu tamb√©m a seu marido, e ele comeu com ela.
  • 7Ent√£o foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; e coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais.
  • 8E ouviram a voz do SENHOR Deus, que passeava no jardim pela vira√ß√£o do dia; e esconderam-se Ad√£o e sua mulher da presen√ßa do SENHOR Deus, entre as √°rvores do jardim.
  • 9E chamou o SENHOR Deus a Ad√£o, e disse-lhe: Onde est√°s?
  • 10E ele disse: Ouvi a tua voz soar no jardim, e temi, porque estava nu, e escondi-me.
  • 11E Deus disse: Quem te mostrou que estavas nu? Comeste tu da √°rvore de que te ordenei que n√£o comesses?
  • 12Ent√£o disse Ad√£o: A mulher que me deste por companheira, ela me deu da √°rvore, e comi.
  • 13E disse o SENHOR Deus √† mulher: Por que fizeste isto? E disse a mulher: A serpente me enganou, e eu comi.
  • 14Ent√£o o SENHOR Deus disse √† serpente: Porquanto fizeste isto, maldita ser√°s mais que toda a fera, e mais que todos os animais do campo; sobre o teu ventre andar√°s, e p√≥ comer√°s todos os dias da tua vida.
  • 15E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferir√° a cabe√ßa, e tu lhe ferir√°s o calcanhar.
  • 16E √† mulher disse: Multiplicarei grandemente a tua dor, e a tua concei√ß√£o; com dor dar√°s √† luz filhos; e o teu desejo ser√° para o teu marido, e ele te dominar√°.
  • 17E a Ad√£o disse: Porquanto deste ouvidos √† voz de tua mulher, e comeste da √°rvore de que te ordenei, dizendo: N√£o comer√°s dela, maldita √© a terra por causa de ti; com dor comer√°s dela todos os dias da tua vida.
  • 18Espinhos, e cardos tamb√©m, te produzir√°; e comer√°s a erva do campo.
  • 19No suor do teu rosto comer√°s o teu p√£o, at√© que te tornes √† terra; porque dela foste tomado; porquanto √©s p√≥ e em p√≥ te tornar√°s.
  • 20E chamou Ad√£o o nome de sua mulher Eva; porquanto era a m√£e de todos os viventes.
  • 21E fez o SENHOR Deus a Ad√£o e √† sua mulher t√ļnicas de peles, e os vestiu.
  • 22Ent√£o disse o SENHOR Deus: Eis que o homem √© como um de n√≥s, sabendo o bem e o mal; ora, para que n√£o estenda a sua m√£o, e tome tamb√©m da √°rvore da vida, e coma e viva eternamente,
  • 23O SENHOR Deus, pois, o lan√ßou fora do jardim do √Čden, para lavrar a terra de que fora tomado.
  • 24E havendo lan√ßado fora o homem, p√īs querubins ao oriente do jardim do √Čden, e uma espada inflamada que andava ao redor, para guardar o caminho da √°rvore da vida.